Qual a melhor idade para aprender uma língua estrangeira?

Updated: Feb 15, 2019



“Se você quer ter um conhecimento de inglês como um nativo é preciso iniciar até por volta dos 10 anos.’’

Segundo uma pesquisa recém-divulgada do MIT (Massachusetts Institute of Technology), o famoso centro interdisciplinar de pesquisa dos EUA, existe uma “janela de oportunidade’’ etária para aprender idiomas com fluência.

Os cientistas que identificaram a melhor idade para aprender uma língua estrangeira, já sabiam que o bilinguismo (ou mesmo o multilinguismo) deve ser praticado até com bebês, como uma forma de estimular o cérebro e o desenvolvimento de habilidades essenciais na vida adulta, como concentração e controle emocional. Mas, até agora, segundo o MIT, havia pouca certeza a respeito de qual seria o melhor período de aprendizado de outros idiomas.

Em estudo realizado no MIT com 670,000 pessoas, indicou que até os 18 anos jovens ainda tem grande facilidade em aprender outra língua. Joshua Hartshorne, professor de Psicologia e coautor da pesquisa (seu projeto de pós-doutorado), disse: “Se você quer ter um conhecimento de inglês como um nativo é preciso iniciar até por volta dos 10 anos. Não vemos muitas diferenças entre pessoas que começaram (a aprender um idioma) a partir do nascimento ou que começaram aos 10 anos, mas vemos um declínio depois dessa idade’’.

É nessa “janela de oportunidade’’ que a WorldEd International School desenvolve e implanta o currículo oficial americano nas escolas brasileiras. Embasado em uma metodologia de ponta, a WorldEd utiliza em seu projeto pedagógico, uma plataforma de ensino e material didático utilizados nas escolas dos Estados Unidos e nas escolas americanas ao redor do mundo.

O sistema da WorldEd promove a dupla-alfabetização quando atrelados ao currículo brasileiro, ampliando o repertório linguístico por meio de fonemas que resultam um letramento mais eficiente e sedimentado, abrindo portas aos alunos para aprenderem uma terceira língua, com mais facilidade ao longo de sua vida acadêmica.

Com um projeto pedagógico de excelência e em consonância com a iNACOL e ISTE Standards, a WorldEd oferece parceria às escolas brasileiras na integração do currículo oficial americano (Common Core Standards), desde a Educação Infantil ao Ensino Médio. Na metodologia, o aluno já no seu primeiro ano de programa, passa a escrever e ler os mesmos conteúdos e lições dos alunos nativos de língua Inglesa.

#worlded #educação #bilingue #escolainternacional

0 views
<- Language Selection
Support
Accreditation
Membership
Standards